Publicado em

Opções de investimento para 2018

investindo com inteligênciaMuito se discute sobre quais os melhores tipos de investimento para diversificar uma carteira com segurança e rentabilidade. Potencial de rentabilidade não deixa de ser um oposto à segurança de certa forma, pois tudo que é muito seguro tende a ter uma taxa baixa de retorno.

O sonho de todo investidor é colocar seu dinheiro sem correr riscos ao mesmo tempo em que ganha muito dinheiro. Mas isso não existe na prática. É preciso escolher entre o certo e o duvidoso. Quais são as opções seguras hoje?

Tesouro Direto

Oferece uma das maiores rentabilidades do mercado pensando em longo prazo. Alguns títulos como o NTN-B permitem que o investidor saque a rentabilidade obtida (não o montante principal) a cada seis meses. A maioria dos fundos de investimento e de pensão investem em títulos do tesouro. Em termos de risco, quem pensa que está mais seguro investindo em bancos por causa do FGC (fundo garantidor de crédito), está enganado, pois se o tesouro brasileiro quebrar, significa que todos os bancos quebraram (pois a maior parte do patrimônio de cada banco está no tesouro), e com todos os bancos quebrando, será impossível para o FGC reaver os prejuízos de todos os CPFs cadastrados. Atualmente, as taxas do tesouro não estão tão atrativas devido à baixa dos juros (Selic), mas esperando uma boa oportunidade é possível conseguir algo como 5% ao ano acima do IPCA.

CDBs

Um CDB é um certificado de depósito bancário. Significa na prática que você está emprestando dinheiro para o banco poder aplicar em um investimento qualquer. Em troca desse empréstimo, você recebe juros mensais. Esses juros costumam ser atrelados ao CDI, como 105% do CDI – por exemplo. Quanto maior o banco, menor a taxa de juros oferecida, pois bancos menores possuem menos credibilidade e mais necessidade de fluxo de caixa, por isso precisam oferecer taxas mais atrativas. É comum encontrar taxas da ordem de até 118% do CDI, mas cuidado ao avaliar o rating do banco, procure bancos com rating A.

LCIs e LCAs

Semelhantemente aos CDBs, os LCIs e LCAs são letras de crédito para que o banco invista no agronegócio ou em imóveis. A rentabilidade costuma ser menor do que CDBs porque tanto os LCIs como os LCAs não são tributados pelo imposto de renda. Algo como 90% do CDI nesse caso pode ser uma boa oportunidade, superior à poupança.

Bolsa de valores

A bolsa de valores teve um bom crescimento nos últimos anos, sinalizando uma recuperação da economia. Por ser um investimento de renda variável, é bem mais arriscado que os casos anteriores, mas estudar e diversificar o mercado comprando ações e vendendo opções cobertas pode ser uma boa oportunidade. Especialmente em se tratando de small caps Bovespa. Enfim, fazendo um bom estudo e valuation é possível tomar boas decisões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *